26 de julho de 2010

depois da escuridão.

há um lugar, algures,
onde o tempo não sabe das horas,
onde os teus passos são portas abertas.

há um lugar, algures,
onde se estendem as mãos para ti,
e todas as fontes são almas desertas.

há um lugar, algures,
aonde vais sem medo da vida
e te perdes nas águas incertas.

larga a escuridão e segue-me
larga o teu corpo, que ele não aguenta,
que há um lugar, algures,
onde as nuvens são chão e o céu é magenta.

172 comentários:

  1. adorei !

    "onde as nuvens são chão e o céu é magenta. "

    um dia vou tentar descobrir esse lugar algures :)

    ResponderEliminar
  2. "(...) onde os teus passos são portas abertas"

    está muito bonito *.* gostei

    ResponderEliminar
  3. ah, desculpa Nuno *

    não, não vou ter com ele. ele que venha ter cmg ;x ele ja me fez muito mal mas mesmo assim não o consigo esquecer.

    ResponderEliminar
  4. Simplesmente espectacular. Sempre que penso: ' Já não me consegue surpreender'
    Vem-me os poemas dizer que isso não deixara de ser possivel.
    Sem palavras. +.+

    ResponderEliminar
  5. és um grande poeta, tenho dito :)

    ResponderEliminar
  6. é mesmo. o coração é assim.

    ajudas com as tuas palavras e continua a dizer: Obrigada *

    p.s: quero ler mais poemas teus, porque lindos eles são*

    ResponderEliminar
  7. Sim, era. A não ser que claro que consideres que a capacidade de os teus poemas surpreenderem positivamente as pessoas seja algo negativo. x)

    E por a jo a falar em grande poeta...sabes até tem razão. Isto porque há pessoas que como eu escrevem encaixam as palavras de acordo com sentimentos reais ou imaginados e posteriormente moldados. E depois há assim pessoas como tu que mais que moldar palavras em jeito de poema constroem-no de forma a que cada palavra tenha razão de ser e transmitindo sempre uma bonita mensagem. Mas mais que isso cada poema seu é sempre uma ode á lingua portuguesa. E com isso marcas a diferença.

    p.s - nao desfazendo que também gosto dos meus. XD

    ResponderEliminar
  8. um dia serei feliz, um dia * porque eu amo-o mas já nao o quero. fez-me muito mal e tratou-me muito mal. só quem sabe da nossa relação é que sabe o quanto sofri mas mesmo assim, ainda hoje continuo aqui a amá-lo e a desejá-lo. só que não posso nem devo. tenho de ser feliz não é ?

    OBRIGADA MAIS UMA VEZ *

    é claro que sim, lei-o e irei gostar, sem duvida*

    ResponderEliminar
  9. Sim, tem mas são poucos. Isto porque eu sou muito perfeccionista com os meus textos e poemas. Mas quando escrevo um normalmente gosto.

    http://ospoemasdalita.blogspot.com/2010/05/vida.html

    ResponderEliminar
  10. tens toda a razão . e as recordações ficarão sempre na memória e no coração *

    claro que agradeço Nuno :)

    EU COMO CHOCOLATE, NÃO ME VOU ESQUECER :b ahah

    ResponderEliminar
  11. ahah , pronto pronto xD

    vou fazer xD

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Não tens de agradecer (:

    Muito, muito, obrigada :$ pois, é que eu quando começo a escrever não paro e depois saem textos enormes :p

    ResponderEliminar
  13. Tenho de agradecer sempre, porque não há nada mais recompensador do que saber que há alguém que gosta do que escrevemos. As outras pessoas não têm de agradecer as minhas palavras, pois tudo o que lhes disser é de coração, mas eu vou agradecer sempre (:
    Talvez seja um pouco incoerente, mas faz parte daquilo que eu sou :p

    ResponderEliminar
  14. Sim, não digo o contrário, por isso é que lhes agradeço sempre, porque me dão força para continuar a escrever.

    ResponderEliminar
  15. Sim, eu sei que também o que dizem é de coração, até porque se não quisessem nem sequer comentavam. Mas é por isso mesmo que lhes agradeço, porque deixam o seu testemunho, porque me escrevem com o coração, porque perdem alguns minutos do seu tempo a ler os meus textos (que não são tão pequenos quanto isso). E é por isso que lhes vou agradecer sempre, porque é a unica forma de lhes mostrar a minha gratidão

    ResponderEliminar
  16. E continuo! Mas também continuarei a agradecer a todos os que por lá passarem

    ResponderEliminar
  17. está lindo!

    tenho uma reclamação a fazer-te xD

    ResponderEliminar
  18. estiveste? a que horas?

    não é por malo, mas a minha data de nascimento ainda não consta no blog do letras xD

    ResponderEliminar
  19. Escritora? Eu? Oh Nuno, bem longe disso :)

    ResponderEliminar
  20. Obrigada , um grande obrigada :)

    ResponderEliminar
  21. está bom:) vou seguir*
    vou tentar fazer isso;)
    so espero que tão cedo não seja preciso ler o texto:)
    beijinho

    ResponderEliminar
  22. Muito obrigada :$ mas não é nada comparado a todos os textos e os teus blogs!

    ResponderEliminar
  23. Obrigada e ainda bem que gostaste!
    Mas ainda nem todas pessoas descobriram que esse facto é real :/

    "que há um lugar, algures,
    onde as nuvens são chão e o céu é magenta."
    Adorei mesmo! Parabéns :)

    ResponderEliminar
  24. Não me parece, mesmo, tu tens muito jeito :)
    E deves estar em Linguas, não?

    ResponderEliminar
  25. Ui, não parece nada, tens blogs sobre a Lingua Portuguesa e tudo, mas as aparências iludem, como se costuma dizer :b

    ResponderEliminar
  26. Tu fizeste isso? :o
    Eu adoro ler, escrever e tudo mais, mas não leio dicionários.
    Tu és diferente, mas diferente para melhor :)

    ResponderEliminar
  27. Olá, por favor vai a:
    http://www.ocabelomaissexy.com/?guid=14b96b92-7b90-444c-9e02-bf0646a61f7e#/galeria
    e vota em Beatriz Cruz, não custa nada :D
    Obrigada, beijinhos.

    ResponderEliminar
  28. que belas ppalavras e bela poema!

    bjo ;)

    ResponderEliminar
  29. "aonde vais sem medo da vida"
    "onde as nuvens são chão e o céu é magenta"
    Precisava mesmo encontrar esse lugar!Simplesmente era o lugar perfeito para uma aproximação da felicidade!:D
    E Obrigada pelas palavras de apoio!:D

    BeijinhoS

    ResponderEliminar
  30. lindo *.*

    obrigada por avisares que tinha uma gralha *

    ResponderEliminar
  31. adoro a maneira como entendes o quero transmitir :)

    ResponderEliminar
  32. oh , obrigada $:
    e obrigada por me corrigires também :')
    - o teu blog é lindo , tens cada post :o

    ResponderEliminar
  33. ora essa! de nada :) escreves tão beeem

    ResponderEliminar
  34. gostei imenso desse teu trocadilho :)*

    ResponderEliminar
  35. Uoou, gosto imenso de ler os teus textos *-* É de um prazer imenso :)

    Beijinho.
    Rita f.

    ResponderEliminar
  36. obrigada eu (:
    eu até gosto (a) e tu és de onde ?

    ResponderEliminar
  37. nao faço a minima ideia de onde isso possa ser (:

    ResponderEliminar
  38. Braga nao me é um nome estranho , mas vá nao faço a minima mesmo .

    ResponderEliminar
  39. é mesmo e tenho sorte de pertencer a ela.

    ResponderEliminar
  40. apesar de não ter sido eu a escrever, obg :)
    os textos daqui estão lindos,

    ResponderEliminar
  41. Obrigado :)
    Apesar de não ser uma grande apreciadora de poesia, gostei imenso deste poema.
    Também te vou seguir ;]

    ResponderEliminar
  42. Ohh que simpatia :)
    Adoro o teu blogue *-*

    Beijinho.
    Rita f.

    ResponderEliminar
  43. dá-me as coordenadas desse lugar, por favor...
    belíssimo!
    um beijo!

    ResponderEliminar
  44. talvez xD
    - mas pelo nome deve ser uma cidade bonita (a)

    ResponderEliminar
  45. muito bonito, mesmo. fiquei estupfacta com o que li aqui. fico muito feliz que um blog como o teu siga o meu, miserável, blog :)
    continua, se não seria uma grande perda para aqueles que por aqui passam, como eu vou começar a fazer :)

    ResponderEliminar
  46. tens de me visitar mais :) eu não perco um dos teus maravilhosos post no letras no caminho. és fantástico na escrita !!

    ResponderEliminar
  47. Não vou dizer que não porque eu em Braga, só em pequena.
    não vou dizer que não.

    ResponderEliminar
  48. és muito simpatico e é bom saber que ainda existem pessoas assim como tu em braga, que ligam ao português!
    obrigada eu :)

    ResponderEliminar
  49. muito obrigada (:
    gostei muito deste!

    sigo-te*

    ResponderEliminar
  50. pelo teu blog 'se as letras falassem'...quer dizer, suponho que ligues!

    ResponderEliminar
  51. muito obrigada, é sempre bom saber que o meu blog está nos teus favoritos! Obrigada mesmo :)
    às vezes também me acontece isso... por vezes desejo ter tempo tanto para responder a comentários como para visitar cada um dos meus seguidores. infelizmente não consigo. já é bom seguir o letras no caminho com tanto afinco :)
    a tua poesia é das que mais me fascina!

    ResponderEliminar
  52. É verdade! Obrigada (: Gostei do poema

    ResponderEliminar
  53. como escreves bem *-*
    o poema está lindo, mesmo lindooo (:

    e obrigada !

    ResponderEliminar
  54. Muito obrigada. Eu adoro os teus poemas (:

    ResponderEliminar
  55. antes de mais um grande obrigado :)
    valeu a pena dar um saltinho no teu blog, este poema é um bom exemplo disso.
    adorei!

    ResponderEliminar
  56. sim eu sei, mas pronto, às vezes dispensava :)

    ResponderEliminar
  57. Já me recomendaram ir ao Gerês, por muita pena minha, porque dizem que é lindo :|
    que inveja -.-
    bem, obrigada pela dica!

    ResponderEliminar
  58. e isso é bom, vejo que só tens coisas positivas :)

    ResponderEliminar
  59. Obrigada! Também não conhecia isto por aqui, está muito bom. Adoro que te inspires com a cor :)

    ResponderEliminar
  60. pronto, para além de escreveres muito bem, também és muito simpático (;

    ResponderEliminar
  61. Obrigada pelo aposta no Gerês, um dia tenho de ir lá, sem dúvida!

    ResponderEliminar
  62. So que por vezes é demasiado complicado conseguir procurar o que quer que seja dentro de nos! Mas pode ser que um dia destes o consiga realmente encontrar!(: Quem sabe..

    ResponderEliminar
  63. muito obrigada :) adoro o teu blog, adoro mesmo!

    ResponderEliminar
  64. Ja vi alguns sim, e o que disse é mesmo verdade (:
    A minha casa fica longe da praia -.-
    Mas venho todos os anos passar uns dias aqui, mas parece tão pouco :x
    Nunca escrevi na praia, que inveja ;D

    ResponderEliminar
  65. Sim nisso tens razão!Se tudo fosse fácil perdia a piada,mas o nível de dificuldade por vezes também e deveras elevado e so da vontade de desistir,apesar de não o podermos fazer!

    ResponderEliminar
  66. Gostei muito, lindo
    E obrigada, que bom que gostastes do blog :*

    ResponderEliminar
  67. obrigada , é que às vezes é complicado xb

    ResponderEliminar
  68. Muito obrigada (:
    Sim eu enganei - me na pate dos ' embebedados' (:

    ResponderEliminar
  69. Sim, temos de procurar esse 'alguém', mas por vezes estamos tão concentrados na dor da perda que nem vislumbramos as coisas boas que estão a acontecer à nossa volta, e a procura torna-se um fracasso.

    ResponderEliminar
  70. , em resposta ao que me comentaste ...
    muitas vezes no precurso fazemos coisas , pelas quais nos arrependemos o resto das nossas vidas , mas as quais nao podemos mudar depois de estarem feitas ... eu já cometi esses pequenos grandes erros muitas vezes , e so Deus sabe como me sinto arrependida , mas agora de nada me adianta lamentar . esta cometido , esta feito , esta perdoado , e quero que esteja enterrado , e acho que a maior vitoria da derrota é assumirmos o nosso erro , e pedirmos perdão .
    o erro nao pode ser apagado , mas pode ser desvalorizado . por isso acho que fiz a minha parte (pedindo perdão) e sinto-me em paz .
    em relaçao a amar verdadeiramante ...
    sim , já sei o que é o verdadeiro amor . já o senti , já o maltratei , já o neguei , e já o desperdicei , mas acho que todas estas pedras me vao ajudar a construir o meu castelo , quem sabe um dia talves num lugar magenta ;)
    gosto da maneira como falas e te expressas , tens um qê de misterioso abstracto , gosto disso ;D

    ResponderEliminar
  71. E faz mesmo!Mas qd a felicidade parece estar mais que muito distante,quando tudo parece perdido esta parece ser a palavra mais presente na nossa cabeça!

    ResponderEliminar
  72. Acreditas mesmo que ele nunca desiste?!Por vezes chego a pensar que ele próprio acaba por desistir também!

    ResponderEliminar
  73. entao se assim é ... concordo contigo , talves nunca tenha amado verdadeiramente . e sabes ...
    talves isso seja o melhor , LOL , acreditas que estou mais aliviada !? ;p
    é melhor deixar essas coisas para pessoal mais adulto , (eu sei que o amor nao tem idade) mas como tu dizes o amor verdadeiro é eterno ...
    e nesto momento nao conheço ninguem capaz de me guardar no lugar magenta xp
    mas a serio! ;D obrigada !

    ResponderEliminar
  74. é isso , terias um sucesso do caraças ;)

    ResponderEliminar
  75. Sim é verdade!Na realidade é assim mesmo, só que por vezes nem nos queremos isso realmente! Ele por vezes sente demais,ou sente o que não deve por quem não deve!E se as vezes não dermos sentido À RAZÃO perdemos muito,mas o contrario também acontece: damos-lhe demasiado sentido e perdemos..

    ResponderEliminar
  76. seria uma seita ;)
    hmm , gosto mesmo da maneira como lidas e ves as coisas ... perce que tens uma força inabalavel perante tudo e todos ! (Y)
    gosto de ti !

    ResponderEliminar
  77. caraçaaaaaaaas ! fogo , és mesmo o meu idolo !;D
    eu tambem tenho fé , já tive mais ... mas acho que o caminho espiritual é mesmo assim , tem altos e baixos , o importante é reconhecer as diferenças , ou indeferenças das coisas (: somente assim se cresce , nao é verade ?! ... *

    ResponderEliminar
  78. Vim reetribuir a visita no meu blog e agradecer as tuas palavras.
    Depois da escuridão, raios de sol regressam sempre... gostei.

    Bjo
    Fatima

    ResponderEliminar
  79. (; tão lindo !
    adoro o teu ponto de vista ! quando for grande quero ser como tu (h)

    ResponderEliminar
  80. adorei o teu último post, em "letras no caminho" adorei!

    ResponderEliminar
  81. Sabes que nunca cheguei a pensar bem assim?!Mas pensando bem sobre esse teu ponto de vista, reflecti e acabo por concordar com ele de certo modo! Sim porque às vezes gosta-se de outra pessoa mesmo não sendo correspondido! E verdade,que por vezes é apenas uma ilusão,para alguns uma necessidade de dizer "eu gosto de x"ou algo assim! Mas nem sempre isso acontece! Qd gostavam os dois e com o tempo uma das partes deixa de gostar?! Acreditas que a outra pode não continuar a sentir?! Acreditas que passa a ser uma ilusão?Uma falta de atenção perante os verdadeiros sentimentos do coração?!

    ResponderEliminar
  82. Um amor a dois e para sempre é algo que hoje em dia cada vez consigo acreditar menos na sua existência! E verdade que,felizmente,há quem o consiga encontrar mas acho que é uma raridade das maiores que pode existir!
    E uma real e extraordinária forma de ver as coisas,mas que não é fácil de conseguir "assegura-la" quando as coisas estão a acontecer connosco..

    ResponderEliminar
  83. oh, obrigada pelo comentário :)
    aproveitei e tive por aqui a dar uma vista de olhos...grande blog, grande escrita. parabéns *

    ResponderEliminar
  84. Obrigada, sim as gralhas estão sempre presentes s: Mas obrigada (;
    Gostei muito *

    ResponderEliminar
  85. Eu gostava de o conseguir fazer!gostava de o conseguir assegurar,mas não sei se serei capaz! Ainda vou ter essa pessoa e deixa-la "fugir"por alguma estupidez... mas isso é algo que não sei se ira mesmo acontecer,o que tenho a fazer é tentar estar atenta e "amanha"logo se vê...
    E tu não deixes fugir as oportunidades...

    ResponderEliminar
  86. Quero acreditar que sim,mas as vezes não sei se isso acontecerá mesmo assim!:D

    ResponderEliminar
  87. Vivo o agora sim! Não sofro totalmente pelo futuro,mas sim com pedaços do passado!Mas esses um dia desaparecerão....

    ResponderEliminar
  88. Eu tento fazer por isso,mas há marcas que são complicadas de fazer desaparecer!E nunca poderão desaparecer na sua totalidade! Eu e tempo...

    ResponderEliminar
  89. Não é preciso agradecer.
    Gostei imenso do poema :)

    ResponderEliminar
  90. Espaço muito agradável, textos revelando boa escrita e sensibilidade apurada. Agradeço a tua visita. SAÚDE!

    ResponderEliminar
  91. "há um lugar, algures,
    onde o tempo não sabe das horas"

    Versos espectaculares, gostei muito :)

    ResponderEliminar
  92. Desculpa lá podes explicar-me como fazes os separadores como tu tens?
    “desafios” e ”lugar magenta”?

    Beijinho

    ResponderEliminar
  93. é verdade, é triste haver livros a venderem imenso sem sequer o merecerem, enfim.

    ResponderEliminar

deixa um vestígio de ti e foge para onde eu te possa encontrar.