12 de junho de 2009

do amor

acredito na cor da tua pele,
quando deitas a cabeça no meu peito.

acredito em todos os lugares,
quando passo a mão nos teus cabelos.

acredito no mundo e no amor,
quando sinto o teu abraço.


amor é haver duas cores envolvidas, devolvidas a si mesmas.

a minha cor não é só minha, é a perfeita união homogénea de nós.
o magenta é do amor.

78 comentários:

  1. A simplicidade tem o seu encanto^^

    gostei (:

    ResponderEliminar
  2. que palavras tão lindas :')

    e eu adoro a tua simplicidade Nuno. *

    ResponderEliminar
  3. «acredito em todos os lugares,
    quando passo a mão nos teus cabelos.»

    e eu acredito em tudo...

    muito bonito Nuno ;)

    ResponderEliminar
  4. Gostei da ideia (:
    ~De qualquer forma está aqui o mail do blog «my-lovestory@hotmail.com»
    Bom texto *

    ResponderEliminar
  5. Como a tua simplicidade me deixa rendida!

    ResponderEliminar
  6. Se o Amor for uma mistura, as teias seriam laços eternos

    ResponderEliminar
  7. Eia caburro. x) Pois é. Obrigado... Não é normal eu dar erros destes mas olha, acontece aos melhores X)

    ResponderEliminar
  8. Palavras cheias de amor, lindo :D

    Vou agradecer na mesmaa, ahah. Muito obrigadaaa zx

    ResponderEliminar
  9. "amor é haver duas cores envolvidas, devolvidas a si mesmas.

    a minha cor não é só minha, é a perfeita união homogénea de nós."

    sem palavras, lindo :)

    ResponderEliminar
  10. Não és mais teimoso que eu -(

    Obrigadaa zx

    ResponderEliminar
  11. uuuh, por isso é que és tão romântico (:

    ResponderEliminar
  12. não não ! não era minha intenção ofender-te oO

    ResponderEliminar
  13. pensei que te tinha ofendido :s desculpa então x)

    é claro que os textos lindos que escreves se devem à tua grande criatividade e sinceridade :)

    boa noite nuno *

    ResponderEliminar
  14. disse mal o mail :|
    é my-lovestory@live.com *
    E não consigo mesmo entrar :x
    Grande treta , pq gostava mesmo : |
    Bom texto :3
    Magenta é LINDO *-*

    ResponderEliminar
  15. pois é, e espero ter para sempre :D

    ResponderEliminar
  16. nunca deixei de crer, e acredito no meu e no dele. Mas muitas vezes à aquelas coisas (pessoas) que estragam? entendes?

    ResponderEliminar
  17. Obrigada xD
    E não quero, eu sou muito muito muito mais :P

    ResponderEliminar
  18. Adorei :)

    "amor é haver duas cores envolvidas, devolvidas a si mesmas"
    uma bonita imagem *

    ResponderEliminar
  19. Obrigado pelos elogios que fizeste ao meu blog , ainda bem que gostaste , vou tentar sempre tê-lo actualizado , e que sejas muito bem bem-vindo ao meu blog , visita-o quando quiseres ;) ah e enquanto ao texto , não sei o que se passa , mas no meu pc aparece todo e normal :s

    Adorei este texto mostra uma bonita imagem de como vez o amor .

    beijinhos

    ResponderEliminar
  20. pois, não sei mesmo o que se passa, no meu aparece normal :s sempre que quiseres :)

    ResponderEliminar
  21. Eu, que nunca gostei muito de magenta, estou a gostar do que leio aqui : )

    Beijinho @

    ResponderEliminar
  22. Se gostaste daquele que o Zé Gui escreveu para mim, hás-de ler o do Arlequim. Sou completamente apaixonada por aquele texto e ainda não consigo acreditar que ele o escreveu para mim.

    Dois dos outros blogs estão inactivos e há um que deixo poucas pessoas entrarem, é muito mais pessoal. Basicamente, fala de amor.

    Beijinho @

    ResponderEliminar
  23. Sim, era aquele texto...
    Eu não posso afirmar que ele está apaixonado porque nem sei quem ele é. É estranho, mas é verdade. Começámos a falar e ele pediu-me para não lhe fazer perguntas acerca da sua identificação. Não sei sequer se é uma rapariga ou um rapaz, a idade, de onde é, nada... No entanto, apesar de isso ser estranho, sinto-me com segura com "ele". E bastante cativada, para ser sincera.

    ResponderEliminar
  24. Nem sei bem o que é que isto é :$

    ResponderEliminar
  25. oh *-* sim sim eu tenho outro mail *

    ResponderEliminar
  26. Disse-me agora que é uma rapariga. Mas com algum esforço...

    ResponderEliminar
  27. Eu nunca a amei, nem mesmo quando poderia ser um rapaz x) Apenas me sinto segura com ela. E nada mudou, continuamos na mesma : )

    ResponderEliminar
  28. Ela estava com medo que eu mudasse... Mas eu não sou assim.

    ResponderEliminar
  29. Adorei o poema?:)
    Obrigada pelo comentario.
    Eu tenho saudades daqueles momentos. Mas nao os quero de volta pois eles sao impossiveis. Eu cresci ele mudou a nossa relaçao. É impossivel conseguir repetir aqueles momentos. Nao os quero de volta, tiveram o seu tempo (e esse tempo ja passou). Já nao sinto aquele aperto no coraçao. Ja nao sinto necessidade de estar com ele. Mas tenho saudades sim. Percebeste? :)
    beijinho*

    ResponderEliminar
  30. Hum? Em relaçao a quem? O JP era o meu padrasto quase pai.Beijinhos*

    ResponderEliminar
  31. acredito no mundo qndo me deleito a ler sua formosas palavras...
    beijos bom fds
    adoreiii mesmo!!

    ResponderEliminar
  32. está fascinante. as ligações que criaste em cada frase, amei!

    está lindo, vou seguir também =)

    ResponderEliminar
  33. Dizes o simples escrito e o intenso sentido , perfeito!

    ResponderEliminar
  34. Acreditar com sentidos de alma para o fazer, nada mais harmonioso do que a homogeneidade de cores heterogéneas por natureza.
    Parabéns pela felicidade.
    **

    ResponderEliminar
  35. A maneira como escreves, as palavras, as frases. dá gosto em Ler!

    eu leio uma frase e quero continuar.
    Muito bem

    ResponderEliminar
  36. Quem podes ser tu para decidir quem é uma pessoa medíocre ou não?

    ResponderEliminar
  37. Não há pessoas medíocres, há julgamentos medíocres.
    Dificil é sairmos da nossa redoma de julgamentos e ver do lado de dentro.

    ResponderEliminar
  38. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  39. escreves tão bem que só podes sair ao irmão xD

    []

    ResponderEliminar
  40. sim, o irmão escreve melhor. mas esse irmão chama-se nuno ^^

    ahah, andas com umas piadas! --

    ResponderEliminar
  41. só por causa disso, odeio-te a todas as cores possíveis.

    ResponderEliminar
  42. epa, isso é muito odio junto oo mas como é um odio tão bonito, eu aceito :)
    eu odeio-te com acordes, dedilhado e tudo!

    ResponderEliminar
  43. mas eu estava a falar de uma orquesta global, com todos os instrumentos possíveis e não-instrumentos a tocarem música e não-música xD

    ResponderEliminar
  44. okay, odeio-te menos -- sinto-me muito odiado :|

    ResponderEliminar
  45. ao menos é um odio cheio de harmonia x) ahah. enquanto tu tens um odio de orquestas estúpidas!

    ResponderEliminar
  46. o odio faz muito mal, nuno oo e essas misturas musicais e harmoniosas só te vão destruir o ego!

    ResponderEliminar
  47. espero que, ao menos, tenhas consciência :|

    ó, estão a fazer a cova para o teu cabelo e eu nem sabia que ele já se preparava para morrer ;_; vá, mas talvez fique melhor curto, então xD

    ResponderEliminar
  48. há cores que t~em cheiro: o magenta cheira a amor.

    ResponderEliminar
  49. Obrigada pelo comentário :) Vou-me juntar também aos seguidores do teu. Gosto da simplicidade com q escreves. :)

    ResponderEliminar
  50. sim, eu já o recebi e aceitei.
    obrigada pelo convite, confesso que a parte do "gente que escreve bem" me agradou :)


    como é que te chamas? é Luis, não é?

    ResponderEliminar
  51. Fiquei esclarecida.
    Claro que não estava a ser rigorosa no meu ponto de vista económico
    mas muito obrigado pela explicação ;)

    eu cá sou de letras ^^

    beijinho

    ResponderEliminar
  52. Eu sinto-me assim em relação à musica e ás letras.
    De facto, economia não é para mim ^^

    ResponderEliminar
  53. Primeiro que tudo tenho de agradecer o teu comentáro e o facto de te teres tornado um seguidor do meu blogue. É muito gratificante saber que há pessoas que gostam de ler o que escrevo :)
    Depois adoro a música do teu blog e por fim adorei esta parte:
    "amor é haver duas cores envolvidas, devolvidas a si mesmas.

    a minha cor não é só minha, é a perfeita união homogénea de nós.
    o magenta é do amor."

    Escreves muito bem, e como tal, vou seguir-te também :)

    ResponderEliminar
  54. obrigado, nuno *-* fico mesmo feliz por teres gostado.

    não vou comentar o que disseste a seguir, oo.

    odeio-te em todos os tons, irmão especial <3

    ResponderEliminar
  55. "acredito no mundo e no amor,
    quando sinto o teu abraço."

    Basta um simples abraço e creditamos no mundo, amor, e em tudo! :D

    Obrigado pelo comentário, beijinhos
    Joana

    ResponderEliminar
  56. "(...) a minha cor não é só minha, é a perfeita união homogénea de nós.
    o magenta é do amor."

    A tua escrita é maravilhosa :')

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  57. Obrigada pelo elogio, mas a minha forma de escrever comparada com outras que, neste mundo dos blogues, já tenho encontrado não é nada. Há aqui gente magnifica, como tu por exemplo :)

    ResponderEliminar
  58. Eu já te seguia.
    Adoro o que escreves :)

    ResponderEliminar
  59. Está tão lindo este post :')
    Adorei mesmo *

    ResponderEliminar
  60. foi a minha escola até ao 9º ano ^^
    obrigada pelo video, e adorei o post, está lindo :)

    ResponderEliminar
  61. Não te preocupes.
    Não estou 'contra' ti ou deixei de gostar de ti e da tua escrita.
    Mas eu não sou dali, e sinceramente (apesar de nunca se poder dizer nunca com a certeza toda) provavelmente nunca me sentirei lá bem.
    Não deixei de visitar e ler, especialmente porque a minha melhor amiga escreve lá (Margarida C'), mas não quero escrever lá.
    O facto de não ser só o 'meu cantinho' fazia-me confusão.
    Não era a minha casa, era só um hall de entrada...
    Obrigada na mesma. A experiência ajudou-me, agradeço todos os pormenores, e tudo o que 'aprendi' lá.
    Mas, por enquanto, não tenciono voltar.
    Um beijo*

    ResponderEliminar
  62. Gostei muito :)
    Palavras muito bonitas

    Continua assim...
    beijinhos

    ResponderEliminar
  63. "a minha cor não é só minha, é a perfeita união homogénea de nós."

    gostei sim (:

    eu também me sinto assim. é tudo tão diferente do que se via antes. é tudo tão mágico, tudo tão.. magenta. não é?

    ResponderEliminar
  64. não acredites no amor, mas confia no abraço 'dela'

    ResponderEliminar
  65. Como é que alguém aos 18 anos é capaz de escrever com tanta sensibilidade? Continua, parabéns! (:

    Votos de um ano 2010 extraordinário. Bela

    ResponderEliminar
  66. estou encantada com a pureza das tuas palavras :o

    ResponderEliminar

deixa um vestígio de ti e foge para onde eu te possa encontrar.